quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Qual é sua profissão de pais?

Costumo dizer que não estamos em nossa profissão, mas sim somos nossas profissões. Afinal nos tornamos profissionais, porque nos identificávamos com algo, claro que muitas vezes isso não é consciente.

Portanto meu marido é pai piloto. Isso significa que ele está sempre a cinco minutos de qualquer possível acidente dos meus pequenos independente de onde estivermos. Ás vezes é estressante, principalmente para quem não entende isso, mas ele é treinado para evitar acidentes (ainda bem!!!). Ele é capaz de enumerar todas as coisas que poderiam causar algum acidente em um determinado lugar em 10 minutos. Sendo assim não frequentamos lugares perigosos e quando nos encontramos em um buffet sem extintor e saída de emergência ficamos perto da porta de entrada (só para não irmos embora logo que chegarmos). Por outro lado fico super tranquila, pois sei que ele está muito atento a isso.

E eu? Eu sou mãe fonoaudióloga. Isso significa que não converso com meus filhos no diminutivo, não acho graça quando eles falam errado, significo todas as vocalizações e não satisfaço pedidos por gestos sem antes questionar o que eles querem. Em suma sou uma chata!! kkkkk Juro que já tentei ser diferente mas é mais forte do que eu, quando vejo pronto já estou fazendo. Antes eu pensava que quando fosse mãe não lembraria das coisas que falo no consultório ou que estudei na faculdade. Ledo engano! Isso está em mim.

Agora junta esse pai e essa mãe procurando escola para o Nanni. Visualizaram a epopéia humorística? Eu buscando um método pedagógico que não fizesse meu filho de ler com 2 anos e o pai atento desde um fio amostra até a iluminação das salas. Mas, encontramos e estamos bem contentes com nossa escolha.

Por fim, apesar de tudo nossos filhos estão se desenvolvendo sem grandes traumas. O Nanni soltando, de vez enquanto, "Essa cadeira é muito perigosa!!!" ou "Vovó olha pra minha boca é LE-O-POL-DO."

Faz parte!! kkkk
E com vocês? Qual profissão de pais vocês são?



Bjs